Ranking do CFB: Semana 14

Ranking do CFB: Semana 14

Enfim chegamos ao final da temporada com todos os campeões já definidos, apenas aguardando a decisão final do comitê do College Football Playoff para saber como será a pós-temporada. Assim já temos os campeões de cada conferencia do Power Five: Clemson (ACC), Ohio State (Big Ten), Oklahoma (Big 12), USC (Pac-12) e Georgia (SEC).

Nós votamos e escolhemos os times que achamos os melhores ao longo da temporada e que merecem entrar no Playoff. Se o comitê concordar, teríamos #1 Clemson vs. #4 Alabama e #2 Oklahoma vs. #3 Georgia. Seriam ótimos confrontos, concordam?

Confira:

Também receberam votos: USC (5), Auburn (4)

Clemson (A+)

A turnover chain deveria ter sido entregue aos Tigers no final deste jogo. Clemson conseguiu três turnovers importantíssimos na conquista da ACC pela terceira vez consecutiva. Se os críticos ainda duvidavam das habilidades de Kelly Bryant elas foram descartadas agora. O quarterback foi fenomenal com 79% dos passes completos para 252 jardas com um touchdown. No chão, Clemson brilhou e conquistou quatro touchdowns com quatro jogadores diferentes. A ótima defesa de Miami não teve respostas para o ataque dos Tigers que conquistou 331 jardas totais. Os únicos três pontos dos Hurricanes saíram no final do último quarto quando já estava claro quem sairía de Charlotte com o título. Clemson agora terá a oportunidade de ser bi-campeã nacional.
Placar: Clemson 38-3 Miami

Oklahoma (A+)

No primeiro jogo de final de conferência da Big 12 desde 2010, os Sooners mostraram o que já sabíamos: eles fazem parte da elite do College Football. Baker Mayfield lançou para 243 jardas com quatro touchdowns e deixou sua defesa fazer seu melhor para Oklahoma sair com o título da conferência pela terceira vez consecutiva. A defesa de Oklahoma se mostrou muito superior aos adversários, segurando o forte ataque dos Frogs para 317 jardas totais, dominando o relógio com 35 minutos de posse de bola. Com o título e a ótima campanha ao longo do ano, não há dúvidas que Oklahoma merece estar no Top 4. Para nossos escritores eles são tão bons quanto Clemson, só ficam em segundo lugar pois TCU estava ranqueada abaixo de Miami.
Placar: Oklahoma 41-17 TCU

Georgia (A+)

Quem assistiu Auburn vencendo Georgia por 40 a 17 em novembro não acreditou que eram as mesmas equipes dentro de campo. Os Bulldoges pressionaram Jarrett Stidham que completou apenas metade de seus passes, enquanto Jake Fromm teve uma ótima performance com 183 jardas e dois touchdowns. Mas foi no jogo terrestre que Georgia mostrou sua força. Nick Chubb, Sony Michel e D’Andre Smith ajudaram a equipe a conquistar 243 jardas e acabaram com a defesa que semana passada conseguiu segurar Alabama. Com uma vitória dominante, Georgia conquistou seu primeiro título da SEC desde 2005.
Placar: Georgia 28-7 Auburn

Alabama

Alabama não jogou, porém é a única equipe com apenas uma derrota do Power Five. Aqui cabe uma longa discussão entre seu calendário fácil e a derrota de Ohio State para Iowa por 31 pontos ou mesmo as duas derrotas de USC. Nossos escritores acham que a Tide merece a última vaga do Playoff.

Ohio State (A-)

Mesmo após uma cirurgia no joelho no último domingo, JT Barrett entrou em campo e conseguiu ajudar Ohio State a vencer a Big Ten pela primeira vez desde 2014. Ele não foi espetacular e estava claro que os treinadores optaram por um game plan de passes mais longos, que não é o forte do quarterback. Mesmo assim ele ainda conquistou 271 jardas totais com três touchdowns e duas interceptações. JK Dobbins, o freshman estrela da equipe, conquistou 174 jardas terrestres sobre a melhor defesa do campeonato. Do outro lado, a defesa de Ohio State brilhou e permitiu apenas 60 jardas terrestres para uma unidade que era o forte dos Badgers. Agora Ohio State espera o comitê decidir se suas vitórias contra equipes ranqueadas valem mais do que suas duas derrotas ao longo do campeonato.
Placar: Ohio State 27-21 Wisconsin

Imagem: John Bazemore

Attachment

thais-chuva

Formada em Odontologia pela UFF, assiste mais a ESPN do que passa horas no consultório. Ela se apaixonou por Ohio State em 2002 quando os assistiu uma vitória ao vivo dos Buckeyes dentro do The Shoe e começou a acompanhar o College mais de perto em 2011. Também acompanha a Bundesliga, NBA e MLB. Outros times que disputam sua atenção são os New York Yankees e Bayern de Munique.