Jogos deste sábado para curtir a emoção da Rivalry Week

Jogos deste sábado para curtir a emoção da Rivalry Week

O sábado da Semana 13 é o mais esperado de toda a temporada regular. Por quais motivos? Por todos os possíveis e imagináveis: títulos de divisão, corrida pelo College Football Playoff, clássico contra o rival, semana de thanksgiving… sempre há uma boa justificativa. Como há muitos jogos bons para serem assistidos, listamos alguns que possuem alto destaque e relevância para você dar uma olhada.

Menções honrosas:

15h: #11 Louisville vs. Kentucky (Governor’s Cup) – é a última chance de Lamar Jackson de mostrar seu talento antes da cerimônia de premiação do Heisman Trophy
15h: #2 Ohio State vs. #3 Michigan (The Game) – um dos clássicos mais importantes da história do College Football e de caráter decisivo. O jogo tem transmissão na ESPN+. Confira o preview aqui
18h30: Ole Miss vs. Mississippi State (Egg Bowl) – vale a ida para a Bowl Season para Ole Miss. Caso perca, será a primeira vez que o time ficará de fora da pós-temporada com Hugh Freeze no comando
19h: Oregon State vs. Oregon (Civil War) – basicamente, vale o emprego de Mark Helfrich
22h30: #4 Clemson vs. South Carolina (Palmetto Bowl) – uma das maiores rivalidades do College Football. Os Gamecocks sonham com um gigantesco upset para minar as chances de playoff da rival

#1 Alabama Crimson Tide (11-0 7-0 na SEC) vs. #13 Auburn Tigers (8-3, 5-2 na SEC)

Iron Bowl

Por Felipe Michalski

Horário: 18h30
Local: Bryant-Denny Stadium, Tuscaloosa, Alabama
Cotação: Alabama é favorita por 18 pontos

Não há muito a dizer do Iron Bowl. Fato é que este é um dos maiores clássicos do futebol americano universitário, rivalizando com o The Game sobre qual seja o maior. Porém, o confronto deste ano chega praticamente esvaziado: Alabama já é campeã da divisão oeste da SEC e provavelmente vai para o College Football Playoff mesmo que perca para Auburn e Florida na final da conferência. Auburn tenta um milagre: a equipe conseguiu perder para Georgia anotando apenas sete pontos e com uma atuação ridícula no jogo aéreo. Se já foi assim contra os Bulldogs, pode ter certeza que será ainda pior contra Bama, que possui uma defesa fenomenal e ainda joga em casa. Será uma surpresa enorme se o Crimson Tide não for o vencedor. A grande dúvida que fica mesmo é se Alabama cobre a linha de 18 pontos.

Palpites da equipe:

#1 Alabama: Felipe, Thaís, Pedro Ivo, Guilherme
#13 Auburn:

#7 Penn State Nittany Lions (9-2, 7-1 na Big Ten) vs. Michigan State Spartans (3-8, 1-7 na Big Ten)

Por Thaís Chuva

Horário: 18h30
Local: Beaver Stadium, University Park, Pennsylvania
Cotação: Penn State é favorita por 13 pontos

Os Spartans vão até a casa dos Nittany Lions este sábado enfrentar um time surpresa da Big Ten. Penn State não tinha muitas esperanças esta temporada depois de terminar 2015 com recorde 4-4 na conferência. Na pré-temporada, era esperado que Michigan State estivesse com recorde vitorioso e disputando pelo título da divisão, porém o quadro foi invertido e agora nesta posição está Penn State, que só precisa ganhar este jogo e torcer para que Ohio State vença Michigan (que irá jogar horas antes) e eles irão até Indianápolis para a final da Big Ten. Seu oponente está 3-8 na temporada, mas os Nittany Lions não podem subestimá-los. Semana passada, Ohio State venceu Michigan State por apenas um ponto. Tudo bem que eles tiveram a vantagem de jogar dentro de casa, mas mesmo assim mostraram que podem ser perigosos. Além disso, venceram Rutgers por 49-0 e mostraram sinal de vida no ataque. Mas a vantagem está toda do lado de Penn State, que contra com um dos melhores running backs da conferência, Saquon Barkley, e seu incansável quarterback Trace McSorley. McSorley pode ser mais baixo que a média da Big Ten e não é um ótimo lançador, mas ele lidera o time como um profissional e já soma 2600 jardas e 23 touchdowns totais, com apenas 5 interceptações. Será um jogo para testar a defesa dos Spartans, que se não conseguir segurar os Lions, não conseguirá vencer somente com o ataque. Espere um jogo equilibrado no começo, mas Penn State deve conquistar a vitória e talvez o título da divisão.

Palpites da equipe:

#7 Penn State: Thaís, Pedro Ivo, Guilherme, Felipe, Carlos
Michigan State:

#6 Wisconsin Badgers (9-2, 6-2 na Big Ten) vs. Minnesota Golden Gophers (8-3, 5-3 na Big Ten)

Por Thaís Chuva

Horário: 18h30
Local: Camp Radall Stadium, Madison, Wisconsin
Cotação: Wisconsin é favorita por 14,5 pontos

A rivalidade mais jogada da história da FBS está de volta este fim de semana, com Minnesota indo até Madison para enfrentar #6 Wisconsin. Os Gophers estão secos pela vitória contra seus maiores rivais para ganhar o Paul Bunyan’s Axe pela primeira vez desde 2003. Os Badgers têm liderado a série, não perdem há 12 confrontos e tudo indica que continuarão com o machado este ano. Wisconsin teve um dos calendários mais difíceis do país e conseguiram vencer 9 destes jogos, o que os levou a conquistar o título da divisão oeste. Minnesota teve uma temporada boa – como esperado – com 8 vitórias, que é sua média em anos recentes. O time vem de uma vitória sobre Northwestern por 29-12, e ao longo da temporada perderam somente para times bons, porém que poderiam ter sido vencidos (Penn State, Iowa e Nebraska). Uma vitória sobre seus rivais destacaria esta temporada das outras e traria um tão sonhado troféu aos seus fãs. Para Wisconsin, a vitória é crucial na corrida pelo College Football Playoff, ainda que a final seja ainda mais decisiva. Dentro de campo, a vantagem está para os Badgers, que tem muito mais talento nos dois lados da bola. Espere um bom jogo de Corey Clement e Tommy Armstrong, que deve retornar para este jogo depois de não jogar semana passada devido a lesão. O running back de Minnesota, Rodney Smith, que já soma 1039 jardas com 15 touchdowns, dará trabalho à defesa dos Badgers. Mas uma defesa que conseguiu segurar Michigan e Ohio State deve conseguir parar o ataque dos Gophers e conseguir a vitória mesmo que seu ataque não tenha uma ótima performance.

Palpites da equipe:

#6 Wisconsin: Thaís, Pedro Ivo, Guilherme, Felipe, Carlos
Minnesota:

#9 Colorado Buffaloes (9-2, 7-1 na Pac-12) vs. #22 Utah Utes (8-3, 5-3 na Pac-12)

Rumble in the Rockies

Por Pedro Ivo Fonseca

Horário: 22:30
Local: Folsom Field, Boulder, Colorado
Cotação: Colorado é favorita por 10 pontos

Uma equipe joga a vida. A outra não joga por mais nada. Colorado e Utah se enfrentam na casa dos Buffaloes nesse sábado em um duelo importante da Pac-12. Para Colorado, a equipe vence a Pac-12 Sul em caso de vitória. Eles precisam somente vencer o jogo e eu acredito que isso vá acontecer. A defesa de Utah é uma unidade muito interessante e Sefo Liufau e seus companheiros terão muita dificuldade nessa partida. O ataque do time tem sido muito interessante em ambas as vertentes e a defesa tem sido crucial para as vitórias da equipe. Destaque para o running back Philip Lindsay, que tem sido importantíssimo e nesse jogo pode ser a peça chave.

Em Utah, o time não briga por absolutamente mais nada na temporada. Porém, a defesa é muito boa e tem possibilidade de estragar o dia em Boulder. No ataque, o time liderado por Troy Williams tem pouquíssimos erros na temporada e não costuma ceder às pressões adversárias. Porém, o jogo terrestre que é a melhor vertente da equipe, com Joe Williams sendo a principal peça do time. Na defesa, o DE Hunter Dimick é uma máquina de sacks, os defensive backs Marcus Williams, Brian Allen e Chase Hansen tem papel importantíssimo nessa unidade e podem ser a peça chave nessa partida.

Não sei o que esperar desse jogo. Ambas as equipes podem vencer, mas claramente Colorado tem mais em jogo e deve levar a melhor. Porém, cuidado com esse jogo porque Utah joga solta e pode cumprir seu papel em campo.

Palpites da equipe:

#9 Colorado: Thaís, Felipe
#22 Utah: Pedro Ivo, Guilherme

#14 Florida State Seminoles (8-3) vs. #15 Florida Gators (8-2)

Sunshine Showdown

Por Guilherme Dalla Vecchia

Horário: 23 horas.
Local: Doak Campbell Stadium, Tallahassee Florida.
Cotação: Florida State é favorita por 7,5 pontos

FSU já não briga mais pelo título de sua divisão, enquanto os Gators se preparam para um teste extremamente difícil contra Alabama na final da SEC da próxima semana. Como a defesa dos Noles vem melhorando muito de produção e com a baixa produção de pontos de Florida, acredito em uma vitória dos Seminoles por uma diferença de mais de uma posse de bola.

O astro running back de Florida State Dalvin Cook possivelmente terá seu último jogo em Tallahassee como atleta da Florida State University e deve ter mais uma de suas brilhantes apresentações nessa noite de sábado. Porém, nem tudo são flores também para a equipe dos Seminoles, que terá um cuidado especial contra o pass rush dos Gators, já que a linha ofensiva da equipe tem sido o calcanhar de aquiles de Florida State junto com seu corpo de recebedores.

Palpites da equipe:

#14 Florida State: Thaís, Pedro Ivo, Felipe
#15 Florida:

Foto: Kevin C. Cox/Getty Images

Attachment

felipem

Estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria e criador do College Football Brasil. Imparcialidade não existe, College Football é melhor que NFL e apaixonado por esportes. Torcedor da Universidade de Tennessee.