Florida Atlantic demite o treinador Charlie Partridge

Florida Atlantic demite o treinador Charlie Partridge

Após o término da terceira temporada em Florida Atlantic com mais uma campanha 3-9, a universidade resolveu, neste último domingo (27), encerrar o contrato com o treinador Charlie Partridge. Ele tinha mais dois anos de contrato com os Owls e receberá 2,7 milhões de dólares previstos no contrato. “Eu gostaria de agradecer a Charlie Partridge por colocar seu coração e alma pela Florida Atlantic University nestes últimos três anos” – declarou o diretor atlético Pat Chun em nota.

Em todos os três anos em que comandou os Owls, a equipe teve campanha 3-9, somando desempenho geral de 9-27. Este foi o primeiro cargo seu como treinador principal. Antes, teve passagens por Wisconsin e Arkansas como treinador assistente e treinador de linha defensiva. Suas únicas vitórias em 2016 vieram sobre Southern Illinois (FCS), Rice e UTEP, que também terminaram com campanhas negativas. Durante a temporada, o programa acumulou sete derrotas consecutivas após derrotar Southern Illinois na estreia, incluindo quatro derrotas seguidas por sete pontos ou menos.

Dentre os 128 programas da FBS, o Campus Insiders ranqueou FAU como a 15ª pior equipe do país. A última aparição dos Owls na Bowl Season foi em 2008, quando o time derrotou Central Michigan no Motor City Bowl e terminou com campanha 7-6. Desde lá, o programa acumula recorde geral de 28-67.

Luke Fickell, atual coordenador defensivo de Ohio State, é um dos mais cotados para assumir o cargo segundo o jornalista da ESPN Americana Adam Rittenberg.

Foto: Bruce R. Bennett/The Palm Beach Post

Attachment

felipem

Estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria e criador do College Football Brasil. Imparcialidade não existe, College Football é melhor que NFL e apaixonado por esportes. Torcedor da Universidade de Tennessee.