Mohawks e Bulldogs farão final da LUFA 2017; veja como foi o terceiro dia

Mohawks e Bulldogs farão final da LUFA 2017; veja como foi o terceiro dia

O terceiro dia da LUFA 2017 foi marcado pela conclusão da fase de grupos do torneio masculino. O Mackenzie Mohawks, que dependia apenas de si em seu grupo, fez seu papel e passou pelo Lorena Mammoths, enquanto o São Carlos Bulldogs venceu confronto direto contra o Unicamp Eucalyptus para garantir a outra vaga. O duelo acontece às 16h desse domingo, que também conta com a realização de toda a competição feminina.

Abaixo, o resumo de cada uma das partidas do sábado:

Mackenzie Mohawks (3-0) 11 x 0 Lorena Mammoths (0-3)

Depois de vencer UFABC Green Reapers e Politécnica Rats, faltava muito pouco para os Mohawks se garantirem na final – bastava uma vitória contra o Lorena Mammoths, que havia sido derrotado nos dois compromissos iniciais. O triunfo veio, mas não foi fácil.

Até o último período, o placar se manteve em 3 a 0, graças a um field goal de Lucas Cabral no início do jogo. Com muito mais tensão do que o esperado pelos mackenzistas, só na parte derradeira da partida que Guido Zambrana encontrou Raphael Dutra na endzone para dar a tranquilidade necessária à equipe. A conversão de dois pontos deu números finais à partida: 11 a 0, mais do que necessário para a classificação dos Mohawks à decisão.

Caipiras Owls (1-2) 28 x 6 Unifei Blue Rabbits (0-3)

No confronto entre duas equipes eliminadas após duas derrotas nas duas partidas iniciais, o Caipiras Owls encontrou até certa facilidade para vencer o Unifei Blue Rabbits. O grande destaque do jogo foi o quarterback Fábio Casonato, que conseguiu quatro passes para touchdowns.

Casonato abriu o jogo conectando Lucas Maximiano para abrir o placar e os Owls tiveram sucesso na conversão de dois pontos. Os Blue Rabbits também foram à endzone no primeiro quarto, em passe de Márcio Pereira para Victor. Casonato encontrou Maximiano para outro touchdown antes do intervalo, levando o placar de 14 a 6 para os vestiários.

Os Blue Rabbits não voltariam a pontuar na segunda etapa. Casonato, porém, trocaria de recebedor, lançando dois passes para Gino anotar touchdowns. Mais uma conversão de dois pontos colocou 28 a 6 como número final do duelo.

UFABC Green Reapers (2-1) 16 x 14 Politécnica Rats (1-2)

Devido à vitória do Mackenzie Mohawks mais cedo, o UFABC Green Reapers entrou em campo já sabendo que não seria capaz de defender o título de 2016. Ainda assim, fez o seu melhor para virar no final contra o time uspiano da competição.

Stam passou para Victor Fogagnoli abrir o placar no primeiro quarto. No segundo, um safety conseguido por Gustavo França descontou e um passe de Gian Basso para Allan Biano, com extra-point de Gustavo Rocco, virou a partida para os Green Reapers. Mas os Rats ainda conseguiram ir para o intervalo com a liderança depois que Stam encontrou Marcus Crespo na endzone. A conversão de dois pontos foi boa.

A única pontuação do segundo tempo foi a que decidiu o placar – passe de Pedro Gaúcho para Júlio Dumont. Com mais um extra point convertido por Rocco, placar final de 16 a 14 para os Green Reapers.

São Carlos Bulldogs (3-0) 19 x 12 Unicamp Eucalyptus (2-1)

A maior rivalidade entre equipes universitárias do Brasil foi responsável por definir uma vaga na final da LUFA 2017. Como era de se esperar, Bulldogs e Eucalyptus fizeram um jogo disputado até o fim e cheio de emoções.

O primeiro tempo viu as defesas brilharem – e também um kicker. Thiago Cano converteu dois field goals, o último deles a segundos do intervalo, para levar a liderança de 6 a 0 a favor dos Bulldogs para o vestiário.

Parecia que o time sãocarlense deslancharia e teria um triunfo tranquilo quando Mark fez passe para Vinícius Diagonel entrar na endzone e ampliar – 13 a 0 com o chute de Cano. Mas os campineiros não venderiam barato a derrota e foram buscar o placar. Celso Milaneto lançou touchdowns para Pedro Zamith e Gustavo Basile. Como nenhuma das conversões funcionou, a liderança ainda era dos Bulldogs.

Nos últimos minutos da partida, muita emoção e um clima de que tudo poderia acontecer. Até que Mark achou mais uma vez Diagonel na endzone para finalizar mais uma vitória dos Bulldogs sobre os Eucalyptus e garantir a passagem para a final.

Essa é a programação do domingo, com a realização do torneio feminino e a decisão do masculino:

Feminino:

9h: São Carlos Bulldogs x USP Red Pandas
10h 30: Engenharia Santos Buzzards x Unicamp Eucalyptus
13h 30: Decisão do terceiro lugar
14h 30: Final

Masculino:

16h: Final (Mackenzie Mohawks x São Carlos Bulldogs)

Attachment

carlosmassari

Carlos Massari é graduado em Comunicação Social – Midialogia pela Unicamp e atualmente faz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. É viciado em todos os tipos de esportes. Cinema, cervejas e viagens também o fazem feliz.