[PROSPECTOS 2018] Christian Kirk, WR, Texas A&M

[PROSPECTOS 2018] Christian Kirk, WR, Texas A&M

Um jogador que pode executar várias funções é extremamente importante no nível profissional atualmente. E Christian Kirk sabe muito bem como aproveitar essa característica que usa desde o high school, quando também jogou na defesa. A versatilidade do atleta pode ser de fundamental importância para o talentoso jogador mostrar toda sua qualidade logo em seu primeiro ano como profissional.

Nome Completo: Christian Davon Kirk
Naturalidade: Scottsdale, Arizona
Idade: 21 anos
Altura: 1,80 m
Peso: 90 kg

Carreira Universitária e Estatísticas:

Christian Kirk desde o high school já chama muita atenção de todos. Primeiro pelo fato de estudar numa das potências de todo país, Saguaro, e também pelo que fez lá, onde foi all-american e melhor jogador do estado do Arizona. Ele recebeu 37 ofertas e optou para ir para Texas A&M. Pelos Aggies, o wide receiver jogou três temporadas, sendo titular nas últimas 39 partidas que a universidade disputou. Também foi nomeado capitão e foi escolhido all-american nos times especiais como retornador de punt e kickoff.

2015 (freshman): 80 recepções, 1009 jardas recebidas, 7 touchdowns
2016 (sophomore): 83 recepções, 928 jardas recebidas, 8 touchdowns
2017 (junior): 71 recepções, 919 jardas recebidas, 10 touchdowns

Pontos Positivos:

Christian Kirk mostra logo de cara a sua principal característica que o faz levar total vantagem contra a marcação: a velocidade. Sabe aproveitá-la muito bem,  criando muito espaço principalmente em rotas longas. Porém, ele não é apenas isso, mas também é um wide receiver com mãos fortes, capaz de fazer recepções com facilidade até mesmo em passes baixos. Sabe cuidar bem da bola após a recepção.

E o fator extra de Kirk é ser um ótimo retornador, tendo seis touchdowns em retorno de punt em sua carreira pelos Aggies.

Pontos Negativos:

É um wide receiver baixo, e além de sofrer contra marcadores mais altos e rápidos, onde depende de usar muito seu físico para se livrar da marcação, também tem um raio de recepção muito menor, o que facilita o trabalho defensivo. Apesar de ser veloz, Kirk tem dificuldades de criar separação do marcador no momento do corte de suas rotas, mostrando-se assim apenas eficiente em rotas longas.

E até mesmo como retornador, onde é muito elogiado por ter essa versatilidade, o jogador ex-Aggies deixou a desejar, tomando algumas decisões questionáveis, principalmente em retorno de punt.

O que você acha de Christian Kirk ? Gostaria de vê-lo no seu time? Deixe seu comentário!

Attachment

luiz-henrique-santos

Luiz Henrique Santos é redator e comentarista esportivo com passagens por Torcedores.com, The Playoffs, Rádio EsportesNET e Rádio RDG Esportes. Completamente apaixonado por futebol americano em todos os níveis, também é o criador do High School Football Brasil.