O melhor e o pior da Semana 5: Pac-12

O melhor e o pior da Semana 5: Pac-12

Após a semana 5 do College Football, a PAC-12 sofreu uma mudança drástica. Sua principal equipe na busca pelos Playoffs, USC, caiu de #5 para #16, sendo ultrapassada pelos dos times de Washington, os Huskies e os Cougars. Menos mal para a força da conferência que USC foi derrotada internamente. Por último no assunto ranqueados, Utah se encontra em #20.

É sempre complicado não elencar no “o pior”, qualquer derrota, afinal o pior é sempre perder. Mas precisamos levar em consideração por exemplo que algumas equipes buscam apenas o melhor bowl possível, ou ao menos disputar um. E pra essas equipes, perder pra uma equipe embalada se torna, no mínimo, esperado. Nesta categoria, podemos colocar Arizona, Arizona State, California e Colorado. Outras universidades tem ambição para um pouco mais, como terminar ranqueadas ou chamar a atenção de prospectos do high School, como Stanford e Oregon. No limbo entre esses dois grupos, temos UCLA de Josh Rosen, que desempenha um bom futebol, mas sempre acaba com um aspecto de que não dá para confiar nos Bruins. Já Oregon State é o patinho feio e verdadeiro saco de pancadas.

O melhor: #6 Washington e Stanford

Washington venceu sendo dominante, que era exatamente o que deveria ter feito. O ponto negativo que mesmo com a queda de USC, os Huskies permaneceram em #6, por terem sido ultrapassados por Georgia.

Já Stanford venceu após um começar cambaleante. Bryce Love passou das mil jardas na temporada e vai se estabilizando como o melhor running back da conferência neste ano. A expectativa por lá, mesmo após a derrota para USC, deve ser a de vencer a Pac-12.

O pior:

O Melhor feat. o pior.

Nos jogos dentro da conferência, principalmente esse, que era muito aguardado, podemos fazer uma só análise, pois está tudo interligado. Após a semana 3, disse aqui que eu não considerava Luke Falk sequer o melhor quarterback da conferência. Entretanto, semana após semana ele vem conseguindo queimar minha língua. Impossível não traçar uma comparação entre ele e Sam Darnold. Se Falk não teve uma atuação surreal, podemos dizer que ela ao menos foi muito boa, já que Darnold teve uma noite para se esquecer – ao menos na questão dos passes. Vale destacar que nos últimos cinco minutos do último quarto o quarterback de USC comandou uma bela campanha pra cruzar o campo e empatar o jogo e teria sido clutch, não fosse o field goal da vitória do adversário. Embora cada um tenha sido interceptado uma vez, acho que nenhum dos dois foi culpado. No caso de Darnold, seu recebedor ficou esperando a bola enquanto o defensor se antecipou. E no caso de Falk, foi um passe desviado que bateu em um jogador de sua OL e parou nos braços do adversário. Azar.

O jogo corrido dos Cougars não engrenou, embora tenham ficado mais tempo com a posse de bola. Os Trojans chegaram a ter boas corridas com seu running back titular, Ronald Jones II, passando das 100 jardas e Darnold correndo duas vezes para a endzone. O estado de Washington agora guarda os últimos dois invictos da conferência, que ainda se enfrentam nesse ano.

Para USC, nem tudo está perdido. Basta vencer todos os jogos que ainda restam, inclusive a final da Pac-12, para chegar ao College Football Playoff. Ainda assim, a derrocada no Top 25 foi enorme para um jogo tão apertado. Como será que fica a cabeça desses meninos que não podem mais tropeçar? Washington State deve seguir fazendo o que já vem conseguindo: calar críticos e vencer partidas. Os Cougars, não sendo um programa tão tradicional e nem tão poderoso, são o tipo de equipe que tem que provar mais do que o resto para entrar no top 4. Porém, eles com certeza abriram os olhos de muitos especialistas após esta sexta.

A qualidade não está tão boa, mas essa foi a interceptação sofrida por Luke Falk.

Jogada da semana

Como não falar de Bryce Love? O running back de Stanford já teve até post sobre si aqui no site, mas ainda assim são dele as melhores jogadas dessa semana na Pac-12. Além disso, no início do vídeo também há uma pequena imersão no pré-jogo:

Resultados dos times da Pac-12 na Semana 5:

Sexta, 29 de setembro:

#16 Washington State Cougars 30-27 #5 USC Trojans

Sábado, 30 de setembro:

Stanford Cardinal 34-24 Arizona State Sun Devils
Oregon State Beavers 7-42 #6 Washington Huskies
UCLA Bruins 27-23 Colorado Buffaloes
Oregon Ducks 45-24 California Golden Bears

Jogos das equipes da Pac-12 na Semana 6:

Sábado, 7 de outubro:

17h: Oregon State Beavers at #14 USC Trojans
21h: Arizona Wildcats at Colorado Buffaloes
21h: #11 Washington State Cougars at Oregon Ducks
23h15: Stanford Cardinal at #20 Utah Utes
23h45: California Golden Bears at #6 Washington Huskies

Attachment

sergio-magalhaes

Estudante de Engenharia, apaixonado por esportes universitários, suas histórias e bastidores. Tentando relacionar geopolítica e aspectos econômicos com o esporte, ou apenas me emocionando com ele. Clubista quando se trata da LSU. Geaux Tigers!