James Madison e North Dakota State se enfrentam na final da segunda divisão

James Madison e North Dakota State se enfrentam na final da segunda divisão
  • em

#1 James Madison Dukes (14-0) vs. #2 North Dakota State Bison (13-1)

Horário: 15 horas (horário de Brasília)
Local: Toyota Stadium, Frisco, Texas
Cotação: North Dakota State é favorita por quatro pontos
Histórico: Série empatada 1-1

A final da Football Championship Subdivision (FCS), a segunda divisão do futebol americano univeritário, traz dois fortes inimigos ranqueados no primeiro e segundo lugar, o que não acontecia desde 2011. James Madison e North Dakota State se enfrentaram somente duas vezes, a mais recente sendo na semifinal da temporada anterior, com os Dukes levando a melhor (27 a 17) e quebrando a sequência de cinco títulos nacionais dos Bison. A partida terá transmissão do Watch ESPN.

No ano passado, JMU venceu a final contra Youngstown State e conquistou seu primeiro título nacional desde 2004 apenas na primeira temporada do head coach Mike Houston. Agora os Dukes vêm de uma sequencia invicta de 26 jogos desde a derrota para North Carolina da FBS em 17 de setembro de 2016, a maior sequencia de vitórias atual das 3 divisões do College Football.

Na semifinal, James Madison venceu a única equipe que conseguiu derrotar North Dakota STate ao longo da temporada, South Dakota State. Os Dukes possuem a melhor defesa da temporada e um ataque equilibrado. O setor ofensivo é liderado pelo senior Bryan Schor que mostrou uma queda de produtividade desde o ano passado, mas ainda teve uma ótima temporada com 67% dos passes certos com 26 touchdowns e 12 interceptações. A equipe sofreu sérias perdas para lesões, incluindo seu melhor running back Cardon Johnson. Em seu lugar ficaram Marcus Marshall e Trai Sharp que juntos somam 1,381 jardas com 12 touchdowns, ajudando o ataque a marcar uma média de 35,9 pontos por jogo com 201,5 jardas terrestres por jogo.

Porém, é na defesa que a equipe realmente brilha. Ao permitir apenas 10,7 pontos por jogo, a equipe também lidera a FCS em sacks (48), interceptações (31) e turnovers (43), além de ser uma das melhores defesas contra o passe com 163 jardas permitidas por jogo além de ceder apenas 87.4 jardas terrestres. O destaque desta unidade fica com o DE Andrew Ankrah, escolhido como o melhor defensive end da temporada, além de Jordan Brown e Rashad Robinson que formam a melhor secundária da competição, permitindo apenas 5,3 jardas por passe.

O Bison também tem uma equipe equilibrada depois de vencer Sam Houston State na semifinal por 55 a 13. Seu quarterback Easton Stick já tem mais de 2,300 jardas no ano com 27 touchdowns e apenas oito interceptações. Assim como James Madison, North Dakota State também perdeu alguns jogadores para lesão, incluindo o principal running back Lance Dunn e os dois safeties titulares Jalen Allison e Jaylaan Wimbush. O jogo terrestre dos Bison é liderado por Bruce Anderson que tem 575 jardas com 10 touchdowns nos últimos quatro jogos. O ataque é o segundo melhor da competição marcando 40,3 pontos por jogo, atrás apenas de Sam Houston State e, com média de 282,1 jardas terrestres por jogo.

O treinador Chris Klieman já afirmou que pelo menos um dos safeties lesionados no último jogo estará de volta para a final ao lado do sophomore Marquise Bridges que irá começar seu primeiro jogo como titular. Com a eficiência de Schor, a secundária do Bison precisará realmente de jogadores experientes. A defesa é a segunda melhor da competição, atrás somente de James Madison, ao ceder apenas 11,5 pontos por jogo. O safety Tre Dempsey lidera a equipe com 6 das 20 interceptações da equipe, Nick Deluca e Derrek Tuska lideram a equipe com 5,5 sacks cada. A defesa contra a corrida também é impressionante, permitindo 89,2 jardas por jogo.

No final, é dificil dizer qual equipe é realmente a favorita. Os Dukes querem impedir que a volta do reinado de NDSU ao conquistar seu segundo título nacional consecutivo além de manter sua sequência de vitórias. Porém, os Bison estarão com sede de vingança pela temporada anterior e com a ganância de vencer o sexto título dos últimos sete anos. Se Stick tiver uma boa performance e conseguir se segurar no pocket tempo o suficiente, o Bison tem chances de vitória, mas o quarterback tem sido inconsistente.

Ao mesmo tempo, o quarterback de James Madison tem cometido muitos erros e contra a ótima defesa de NDSU, ele corre o perigo de ser interceptado algumas vezes. Vencerá a equipe que conseguir mais turnovers e cometer menos erros. Com certeza já um jogo disputado do começo ao fim e que vale sua atenção na tarde deste sábado.

Attachment

thais-chuva

Formada em Odontologia pela UFF, assiste mais a ESPN do que passa horas no consultório. Ela se apaixonou por Ohio State em 2002 quando os assistiu uma vitória ao vivo dos Buckeyes dentro do The Shoe e começou a acompanhar o College mais de perto em 2011. Também acompanha a Bundesliga, NBA e MLB. Outros times que disputam sua atenção são os New York Yankees e Bayern de Munique.