TCU busca manter invencibilidade diante de West Virginia

TCU busca manter invencibilidade diante de West Virginia

Horário: 16h30 (Horário de Brasília)
Local: Amon G. Carter Stadium, Fort Worth, Texas
Cotação: TCU é favorita por 13,5 pontos
História: Série empatada: 3-3

A Big 12 tem apresentado um invicto surpresa nos últimos dois anos. Em 2016, West Virginia era uma das equipes menos cotadas da conferência, mas foi perder sua primeira partida apenas na segunda metade da temporada, sendo considerada até uma candidata aos playoffs na ocasião. Agora, é a vez de TCU desafiar as previsões de agosto e enfileirar vitórias nos quatro primeiros duelos de 2017.

O próximo obstáculo na caminhada dos Horned Frogs (4-0) é justamente West Virginia (3-1), que conhece bem a sensação de ser um invicto surpresa. Com as duas equipes ranqueadas, esse deve ser um duelo bastante interessante na tarde de sábado.

É principalmente por causa da defesa que TCU tem impressionado. Depois não permitir absolutamente nada a Jackson State, time da FCS, foram só sete pontos cedidos a Arkansas. A unidade também foi capaz de limitar muito a máquina ofensiva de Oklahoma State, permitindo trinta e um pontos – sim, isso é um número baixo quando se enfrenta os Cowboys. São só 2,8 jardas por carregada, décimo segundo melhor índice da FBS, e cinco touchdowns aéreos permitidos contra seis interceptações conseguidas.

Do outro lado, o surpreendente Will Grier tentará ter melhor sorte que Mason Rudolph e os demais quarterbacks que encararam os Sapos Chifrudos. O ex-Florida vem sendo um ótimo líder para o ataque dos Mountaineers, passando para mais de 300 jardas em todas as quatro partidas em sua nova universidade. Para ajudar, ele terá mais uma vez ao seu lado o excelente Justin Crawford e sua ótima média de 7,4 jardas por carregada no ano.

O confronto do ataque de West Virginia com a defesa de TCU é bem mais interessante que o contrário. Kenny Hill continua não sendo um grande quarterback, mas pelo menos não vem comprometendo em 2017. Um comitê de running backs com pouca experiência tem dado conta do recado, mas ainda é cedo para dizer que ele é de verdade. Só que os Mountaineers cederam mais de 30 pontos para Kansas – sim, para Kansas! Portanto, não é uma unidade defensiva exatamente talentosa.

Previsão:

Contando com a força de sua torcida, TCU consegue manter a sua invencibilidade em uma vitória apertada e decidida em detalhes – possivelmente com a defesa fazendo uma jogada crucial no fim.

Curiosidade:

Em 2016, West Virginia enfrentou TCU com campanha de 5-0 e ranqueada como #12. Jogando em Morgantown, não tomou conhecimento dos Sapos Chifrudos e venceu por 34 a 10.

Foto de capa: Tyler Evert/AP Photo

Attachment

carlosmassari

Carlos Massari é graduado em Comunicação Social - Midialogia pela Unicamp e atualmente faz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. É viciado em todos os tipos de esportes. Cinema, cervejas e viagens também o fazem feliz.