O melhor e o pior da semana 9: Big 12

O melhor e o pior da semana 9: Big 12

O último invicto da Big 12 caiu. Depois de uma primeira metade de temporada surpreendente, TCU acabou derrotado pela equipe que faz uma campanha ainda mais inesperada: Iowa State. Com as vitórias de Oklahoma e Oklahoma State, são quatro os times da conferência que ainda sonham com uma vaga nos playoffs. Desempenho melhor que o de 2016, sem dúvidas.

No bingo da Big 12 dessa semana, faltaram só duas categorias para completarmos todas as cartelas: virada no fim e tiroteio – apesar do placar 50 a 39, não considerei Oklahoma State x West Virginia para essa categoria porque muitas pontuações foram defensivas e porque o placar nunca esteve realmente próximo.

O melhor: o conto de fadas de Iowa State continua

Com duas das melhores defesas da conferência se enfrentando, era de se imaginar que o placar do duelo entre Iowa State e TCU fosse baixo. 14 a 7 é ainda menor do que o esperado, porém. A unidade defensiva dos Cyclones dominou completamente os Sapos Chifrudos, limitando Kenny Hill a 125 jardas aéreas e duas interceptações. O único touchdown visitante saiu em mais um retorno de KaVontae Turpin.

Tudo nessa equipe de Iowa State surpreende – Kyle Kempt, o quarterback que nunca tinha tido uma oportunidade até a metade de seu ano de senior, fez mais um bom jogo, passou para dois touchdowns e permitiu a vitória. O signal caller de 2016, Joel Lanning, continuou comandando a defesa em sua transição para linebacker. Esse é o maior conto de fadas da FBS em 2017 e não dá sinais de estar próximo de acabar.

Pelo lado dos Sapos Chifrudos, o fim da invencibilidade significa a queda do top 4. Mas com um confronto contra Oklahoma e a final de conferência ainda pela frente, a equipe ainda só depende de si para ir aos playoffs.

Oklahoma volta a ter uma vitória tranquila

Está complicada a vida dos Sooners na temporada. Apesar de aparecer como número 5 no primeiro ranking do comitê dos playoffs, o sofrimento para ganhar de Texas e Kansas State nas últimas duas semanas foi muito maior que o esperado. Felizmente, diante de Texas Tech a coisa foi menos cheia de complicações. No primeiro quarto, os Red Raiders levaram a melhor por 20 a 14 e demonstraram que ocorreria um grande tiroteio, mas depois a defesa de Oklahoma se acertou e só permitiu mais sete pontos.

Tanto Baker Mayfield quando Nic Shimonek lançaram quatro touchdowns e uma interceptação na partida. Os wide receivers também se destacaram – 147 jardas e dois touchdowns para CeeDee Lamb, 93 jardas e um touchdown para Keke Coutee. No final, 49 a 27 para os Sooners, que agora se preparam para o clássico estadual contra Oklahoma State.

Texas atropela Baylor em ótimo dia da defesa

Shane Buechele voltou a ser titular e comandou uma tranquila vitória dos Longhorns sobre Baylor, que ainda não tirou o zero de sua coluna de triunfos em 2017. O placar de 38 a 7 foi garantido pelas duas estrelas defensivas de Texas: Malik Jefferson, com 8 tackles e 1,5 sack, e DeShon Elliott, com uma pick-six e outros passes defendidos. Do lado dos Bears, segue muita incerteza, inclusive quanto à posição de quarterback, rumo ao duelo fundamental para não passar a vergonha de ter uma temporada só com derrotas – Kansas é o próximo adversário da equipe.

O pior: chuva de turnovers entre West Virginia e Oklahoma State

Quando você vê um placar de 50 a 39, imagina uma grande várzea ou um jogaço cheio de emoções? No caso da vitória de Oklahoma State sobre West Virginia, a primeira opção predominou. Foram nove turnovers no jogo, mostrando que segurar a bola não era o que os dois times queriam.

Will Grier, que vinha em ótima temporada, implodiu e lançou quatro interceptações. West Virginia chegou a equilibrar a partida em um momento graças a um bloqueio de punt retornado para touchdown e uma pick-six em Mason Rudolph, mas depois voltou a não produzir nada ofensivamente. Todo tipo de turnover que você pode imaginar, aconteceu nesse duelo.

Oklahoma State segue sonhando com playoffs e tem na próxima semana o confronto do ano diante de Oklahoma.

Kansas State perde o quarterback reserva, mas ainda vence Kansas

Os Jayhawks vinham de dois jogos seguidos sem anotar nenhum ponto e abriram o placar com um field goal diante dos rivais de estado. Imediatamente, DJ Reed retornou o kickoff para touchdown. Isso é o quanto as coisas são feias para Kansas – nada dá certo. Nem quando o quarterback reserva do adversário se machuca, é possível sair de campo vitorioso.

Carter Stanley até que tentou, sendo responsável pela marcação da categoria “quarterback passou das 400 jardas no bingo”, mas a defesa não conseguia impedir nem o glorioso Skylar John Thompson, freshman entrando em campo pela primeira vez no futebol americano universitário, de mover a bola com qualidade. No final, 30 a 20 para os Wildcats.

Jogador ofensivo da semana: Steven Sims Jr, WR, Kansas

Sims Jr é um dos raros destaques de Kansas. Conseguiu contra Kansas State 233 jardas recebidas, quarto maior número da FBS em 2017, e 60 delas foram de forma espetacular, como vocês verão em breve. Imaginem só o que um jogador assim pensa por jogar em um time tão ruim.

Jogador defensivo da semana: David Long Jr, LB, West Virginia

É verdade que West Virginia cedeu 50 pontos para Oklahoma State, mas o que Long fez nessa partida foi algo que eu não me recordo de ver em um passado recente: 18 tackles, sendo SETE deles para perda de jardas. Você não leu errado – SETE TACKLES PARA PERDA DE JARDAS. Também adicionou uma recuperação de fumble para coroar essa performance histórica.

Jogadas da semana:

Kansas vencendo um jogo? Não, isso não pode durar. DJ Reed pegou o kickoff e retornou 99 jardas para já acabar com o sonho.

Depois, já com Kansas State bem na frente, Steven Sims Jr. recebeu esse passe perfeito de Carter Stanley para descontar. Tudo como manda o manual: bola caindo no colo do wide receiver sem ele precisar diminuir a velocidade.

Osman Kamara bloqueou esse punt de Oklahoma State e a recuperação valeu sete pontos para West Virginia. Pena que a vitória ainda ficou bem distante.

Resultados dos times da Big 12 na semana 9:

#25 Iowa State Cyclones (6-2) 14-7 #4 TCU Horned Frogs (7-1)
#10 Oklahoma Sooners (7-1) 49-27 Texas Tech Red Raiders (4-4)
#22 West Virginia Mountaineers (5-3) 39-50 #11 Oklahoma State Cowboys (7-1)
Baylor Bears (0-8) 7-38 Texas Longhorns (4-4)
Kansas Jayhawks (1-7) 20-30 Kansas State Wildcats (4-4)

Jogos dos times da Big 12 na semana 10:

Sábado, 4 de novembro:

14h Kansas Jayhawks x Baylor Bears
14h Texas Tech Red Raiders x Kansas State Wildcats
17h 30 West Virginia Mountaineers x #15 Iowa State Cyclones
18h #11 Oklahoma State Cowboys x #5 Oklahoma Sooners
21h 15: #8 TCU Horned Frogs x Texas Longhorns

 

Attachment

carlosmassari

Carlos Massari é graduado em Comunicação Social – Midialogia pela Unicamp e atualmente faz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. É viciado em todos os tipos de esportes. Cinema, cervejas e viagens também o fazem feliz.