O melhor e o pior da semana 12: Big 12

O melhor e o pior da semana 12: Big 12

Foi uma semana agitada nas extremidades da Big 12: na ponta de cima, Oklahoma atropelou West Virginia para mostrar que ainda é o melhor time da conferência. Os Sooners agora decidem o título contra Oklahoma State, com uma pontinha de sonho de poder chegar novamente aos playoffs. Na outra, Kansas quebrou tabus absurdos vencendo Texas, o que não acontecia desde – acredite ou não – 1938.

Entre massacres, prorrogação, muitos tackles perdidos e muitos fumbles, o bingo não teve sua cartela muito bem preenchida: ficamos só com a virada no final e com Texas Tech cedendo mais de 40 pontos. Faltou um tiroteio, faltou um quarterback passando das 400 jardas, e, repetindo para quem ainda não saiu do estado de choque, faltou a derrota de Kansas!

O melhor: Oklahoma não toma conhecimento de West Virginia

Se existia alguma dúvida, ela desapareceu: Oklahoma é o melhor time da Big 12. O poderio ofensivo dos Sooners é simplesmente demais para qualquer rival da conferência conseguir lidar. Debaixo de uma forte nevasca em Morgantown, Baker Mayfield lançou a bola apenas 15 vezes – mesmo assim Dede Westbrook alcançou as 100 jardas recebidas – e foi pelo chão que os visitantes fizeram os maiores estragos. A dupla Joe Mixon e Samaje Perine não foi parada em momento nenhum.

É uma pena para os Mountaineers que Justin Crawford foi menos ainda. Os números do running back foram absurdos, com nada menos que 331 jardas terrestres em 24 carregadas. Mas os turnovers e o desespero de estar muito atrás no placar logo cedo (o placar já marcava 35 a 0 para Oklahoma na metade do segundo quarto) fizeram com que essa performance monumental não servisse de nada.

No começo do último período, a distância chegou a cair para apenas treze pontos (41 a 28) e uma virada não parecia ser uma ideia tão surreal. Só que aí os Sooners voltaram a jogar em alto nível e anotaram mais dois touchdowns para fechar o placar em 56 a 28. Vale destacar defensivamente o linebacker Jordan Evans, eleito aqui melhor jogador da conferência na semana 11, que teve essa pick-six de 80 jardas:

Kansas quebra tabu de 78 anos

Se os Jayhawks não venciam dentro da Big 12 desde 2014, contra Texas o buraco era um pouco mais embaixo: os Longhorns não sabiam o que era perder para esse “rival” desde 1938.

Mas a fase dos Longhorns realmente não é nada boa. Tudo que pode dar errado, dará. E essa sequência tenebrosa de anos acabou culminando na quebra desse tabu. Charlie Strong provavelmente será demitido ao final da temporada.

Os Longhorns venciam por 21 a 10 no início do último quarto, mas permitiram o empate para Kansas em um field goal com o cronômetro zerado. Na prorrogação, eles tiveram a primeira posse, só que Shane Buechele lançou sua terceira interceptação do dia, deixando os donos da casa muito próximos da vitória. Aí, foi só acertar mais um chute para comemorar o triunfo por 24 a 21.

D’onta Foreman segue sendo o grande running back da Big 12 e adicionou mais 250 jardas aos seus números, mas também sofreu dois fumbles. O excesso de turnovers absolutamente matou Texas, já que Kansas não produziu muito ofensivamente. Do lado defensivo, belos jogos de Dorance Armstrong Jr. (2 sacks, 3 tackles para perda de jardas), Daniel Wise (2 sacks, 3 tackles para perda de jardas) e Fish Smithson (12 tackles, 1 interceptação) para os Jayhawks.

E no fim teve roubo dos postes de gol? Claro que teve!

Oklahoma State também faz sua parte e decidirá a Big 12 contra Oklahoma

“Quem vai jogar será o Kenny Hill médico ou o Kenny Hill monstro?”. Devo ter feito essa pergunta no preview da partida, talvez não com essas palavras. Pelo resultado final, com vitória de Oklahoma State por 31 a 6 sobre TCU, você já deve saber que foi o monstro. E, bom, novamente ele foi parar no banco de reservas.

Os Horned Frogs até saíram na frente, aproveitando um muffed punt dos Cowboys para fazer 6 a 0 (o ponto extra foi bloqueado). Depois, não foram mais vistos em campo. Só os visitantes jogaram, e nem precisaram fazer muito esforço para vencer – Mason Rudolph completou apenas 50% de seus passes para 207 jardas.

O pior: Baylor continua não participando da segunda parte da temporada.

Era uma vez um time com campanha de 6-0, sonhos reais de título de conferência e de playoffs. Então, ele perdeu um duelo de muita rivalidade. Em seguida, esqueceu como se joga futebol americano e passou a sofrer massacre atrás de massacre. Esse é o triste conto da temporada 2016 de Baylor.

Dessa vez, os Bears não foram páreo para Kansas State. Mesmo dentro de casa, saíram derrotados por 42 a 21. A defesa vem piorando a cada semana e, sem Seth Russell lesionado, o ataque também não apresenta um nível satisfatório. Bom para os Wildcats, que não tiveram muitas dificuldades em sair com a vitória.

Texas Tech sofre muitos pontos, como de costume, mas só marca 10.

Iowa State chegou para enfrentar os Red Raiders com apenas duas vitórias na temporada, uma delas contra Kansas. Perdeu até para Nothern Iowa, da FCS. Mas o que se viu no sábado foi uma completa lavada: 66 a 10. Joel Lanning correu para cinco touchdowns e a defesa impediu completamente que Patrick Mahomes e companhia fizessem qualquer coisa.

Quer um destaque? Que tal essa recepção incrível com apenas uma das mãos do sempre excelente Allen Lazard?

Jogador da semana: Joel Lanning, QB, Iowa State

lanning

Os Cyclones usam um sistema com dois quarterbacks, com Jacob Park e Joel Lanning se revezando durante as partidas. Lanning tentou apenas quatro passes na vitória sobre Texas Tech, completando três deles para 51 jardas. Mas foi pelo chão que ele fez estragos infinitos: dezessete carregadas, 171 jardas, cinco touchdowns. A defesa de Texas Tech ainda está tendo sérios pesadelos.

Jogada da semana:

Cortesia de Dede Wesbrook. Sempre ele. Quantas vezes já foi mencionado aqui durante o ano? Olhem só o que ele fez com o pobre linebacker de West Virginia antes de ganhar de todo mundo na corrida:

Resultados dos times da Big 12 na semana 12:

#14 West Virginia Mountaineers 28 x 56 #9 Oklahoma Sooners
TCU Horned Frogs 6 x 31 #11 Oklahoma State Cowboys
Baylor Bears 21 x 42 Kansas State Wildcats
Iowa State Cyclones 66 x 10 Texas Tech Red Raiders
Kansas Jayhawks 24 x 21 Texas Longhorns

Jogos dos times da Big 12 na semana 13:

Sexta-feira, 25 de novembro:

18h 30 Texas Longhorns x TCU Horned Frogs
21h Texas Tech Red Raiders x Baylor Bears

Sábado, 25 de novembro:

15h Kansas State Wildcats x Kansas Jayhawks
18h 30 Iowa State Cyclones x #18 West Virginia Mountaineers

Oklahoma e Oklahoma State folgam na rodada.

Attachment

carlosmassari

Carlos Massari é graduado em Comunicação Social – Midialogia pela Unicamp e atualmente faz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. É viciado em todos os tipos de esportes. Cinema, cervejas e viagens também o fazem feliz.