Jogos imperdíveis da Semana 3

Jogos imperdíveis da Semana 3

Além dos grandes jogos da semana, como os jogos entre Louisville e Clemson, além de USC contra Texas, listamos outras três partidas que são bastante interessantes para serem acompanhadas. Os horários variam, então é necessário prestar atenção.

BYU vs. #10 Wisconsin – 16h30

Este sábado os Badgers irão até Provo, Utah, para enfrentar BYU apenas pela terceira vez na história. BYU não começou bem a temporada, com apenas uma vitória em 3 jogos, eles foram derrotados por LSU por um placar de 27 a 0, e sofreram a sétima derrota consecutiva para seus principais rivais, Utah, no último sábado por 16 a 13. A defesa está até descente, conseguiram segurar os Utes para 4 field goals e poderiam ter perdido por mais pontos contra os Tigers, mas mesmo assim ainda permitem 376 jardas por jogo. Esta semana o ataque pode ficar sem o quarterback Tanner Mangum, que sofreu uma lesão no tornozelo na última jogada do confronto de sábado.

No seu lugar ficaria o redshirt sophomore Beau Hoge, que nunca foi titular, mas teve um bom treino na primavera e se mostrou mais móvel que Mangum.  Já Wisconsin chega de duas vitórias fáceis em casa. A primeira, contra Utah State, mostrou um bom ataque vencendo por 59 a 10, e contra Florida Atlantic no último sábado os Badgers venceram por 31 a 14. Eles contam com uma ótima defesa que não deve ter problemas para parar o fraco ataque de BYU. O jogo será decidido pela defesa dos Cougars, na capacidade ou não de conseguir conter o jogo terrestre de Wisconsin, e se eles conseguem arrumar o ataque a tempo para pelo menos deixar o jogo mais próximo no placar até o fim do jogo.

Mississippi State vs. #12 LSU – 20h

Um dos melhores duelos da noite. Mississippi State tem passado o caminhão por todo mundo até aqui, embora ainda não tenha jogado contra nenhum time relativamente forte. No ataque, enquanto LSU depende bastante do seu running back Derrius Guice, Mississippi State ainda sofre de depender muito das pirotecnias de Nick Fitzgerald. E isso pode ser um problema, já que a defesa de LSU não cedeu pontos ainda contra equipes da FBS. O que pode complicar os Tigers é caso Guice seja parado pela defesa Bulldog, o que pode forçar o limitado Danny Etling a ter que fazer mais do que sabe. Ainda assim, o favoritismo é de LSU.

California vs. Ole Miss – 23h30

No primeiro confronto da história entre as equipes, os dois times tentam se reconstruir de temporadas horrorosas em 2016 – pior ainda para Ole Miss, que está com técnico interino e está oficialmente fora da Bowl Season independente da campanha. Será um duelo interessante de quarterbacks: Ole Miss possui o emergente Shea Patterson, que até agora completou 76,1% dos passes para 9 touchdowns e 1 interceptação, embora esses jogos tivessem sido contra South Alabama e Tennessee-Martin. Ross Bowers em Cal já foi mais desafiado e mesmo assim tem bons números também: ele tem 66% dos passes completados para 563 jardas, 4 touchdowns e 2 interceptações. Como as defesas não são muito qualificadas, é de se esperar um jogo com muitos pontos.

Foto: Jeff Hanisch/USA Today Sports

Attachment

thais-chuva

Formada em Odontologia pela UFF, assiste mais a ESPN do que passa horas no consultório. Ela se apaixonou por Ohio State em 2002 quando os assistiu uma vitória ao vivo dos Buckeyes dentro do The Shoe e começou a acompanhar o College mais de perto em 2011. Também acompanha a Bundesliga, NBA e MLB. Outros times que disputam sua atenção são os New York Yankees e Bayern de Munique.