Jogos deste sábado de semana 10 para não perder

Jogos deste sábado de semana 10 para não perder

Neste sábado de College Football, listamos algumas partidas que são bastante interessantes de serem assistidas. Confira:

#24 Michigan State Spartans (6-2) vs. #7 Penn State Nittany Lions (7-1)

Horário: 14 horas
Local:
Spartan Sadium, East Lansing, Michigan
Cotação: Penn State é favorita por 9 pontos
Histórico: Série empatada: 15-15-1

Os Lions e os Spartans têm alguns elementos em comum para este fim de semana. Primeiro, ambos vêm de derrotas decepcionantes depois de terem uma boa vantagem no placar e segundo, ambos estão empatados na segunda colocação da divisão leste da Big Ten e precisam vencer este jogo para esperar uma escorregada da primeira colocada Ohio State. No fim de semana passado, Penn State perdeu para Ohio State por apenas um ponto depois de chegar a liderar por 18. Já Michigan State perdeu para Northwestern no terceiro tempo adicional quando Brian Lewerke, que quebrou o recorde de jardas aéreas do programa no jogo, foi interceptado. Michigan State ainda tem uma melhor chance de conseguir a primeira colocação se vencer agora, já que ela ainda enfrenta Ohio State no próximo sábado.

A chave para derrotar Penn State será focar na defesa e a manter tão eficiente quanto a de Ohio State, que conseguiu segurar muito bem as corridas de Saquon Barkley. Os Spartans contam com a melhor linha defensiva da conferência, que permite 89,8 jardas terrestres por jogo e ainda não permitiu nenhum corredor com 100 jardas ou mais na temporada. Isso pode provar um desafio para Barkley, que conseguiu apenas 44 jardas no jogo anterior. Mas a secundária espartana não é tão eficiente e eles nunca enfrentaram um recebedor tão bom quanto o tight end Mike Gesicki.

A defesa pode manter o jogo próximo, mas o ataque é inconsistente e pode não ser bom o suficiente para passar pela defesa dos Lions. Eles têm sofrido no jogo terrestre e devem contar com Lewerke para conseguir a maioria das corridas. Lewerke lançou para 445 jardas na derrota para Northwestern com quatro touchdowns, porém só marcaram mais de 18 pontos no tempo regular em um confronto contra uma equipe do Power Five em apenas uma ocasião, contra Minnesota. E isso não será o suficiente para vencer Penn State. Lewerke deve arriscar passes mais longos para seus recebedores novatos, pois manter apenas no jogo tradicional não conquistará a vitória. Já a defesa de Penn State, que sofreu pela primeira vez na semana passada, não deve ter muitas dificuldades para parar o ataque espartano, que não é espetacular e inferior ao dos Buckeyes. Trace McSorley deve ter um ótimo jogo contra a secundária de Michigan State. Resta saber como será a linha ofensiva, que foi destruída tanto por Michigan quanto por Ohio State.

Se os jogadores estiverem focados e motivados após as derrotas, devemos ter um ótimo jogo, porém com um favoritismo óbvio para Penn State, que conta com um ataque dinâmico e rápido e com uma defesa capaz de parar o ataque medíocre dos Spartans.

#25 Washington State Cougars (7-2) vs. #21 Stanford Cardinal (6-2)

Horário: 17h30
Local: Martin Stadium, Pullman, Washington
Cotação: Washington State é favorita por 2 pontos
Histórico: Stanford lidera a série por 40-26-1

Em jogo de vida ou morte para a divisão norte da Pac-12, Washington State e Stanford tentam se recuperar das performances ruins que tiveram na última semana. Para os visitantes, especialmente, é muito difícil saber o que esperar, já que a presença de Bryce Love deve ser uma decisão para a hora do jogo. Enquanto o running back tem uma média de 198 jardas de scrimmage por partida em 2017, o Cardinal como um todo somou 188 diante da fraca equipe de Oregon State na rodada passada.

Stanford não existe ofensivamente sem Love e por isso precisará de sua defesa para sonhar com alguma coisa enquanto o running back estiver fora. O trabalho foi bem feito na semana passada e o jogo foi vencido por ela. Só que Washington State tem uma unidade bem melhor que a de Oregon State e apresentará muito mais problemas.

Luke Falk foi para o banco na última partida em decisão inexplicável do técnico, mas voltará à titularidade nessa partida. Após o começo de ano surpreendente, os Cougars estão em crise. Não só as derrotas vieram, como as performances caíram demais.

Tanto para Washington State como para Stanford, esse é um jogo que vale muito dentro da divisão, mas também pode restaurar a moral para o final da temporada.

#10 Miami Hurricanes (7-0) vs. #13 Virginia Tech Hokies (7-1)

Horário: 22 horas
Local: Hard Rock Stadium, Miami, Florida
Cotação: Virginia Tech é favorita por 2 pontos
Histórico: Miami lidera a série por 20-14

Em um confronto para praticamente decidir a divisão Coastal da ACC, os Hurricanes chegam ainda invictos e de uma vitória sobre North Carolina por 24-19. Os Hokies vêm de uma vitória sobre Duke por 24-3, porém já contam com uma derrota para Clemson em setembro. Com esta possível vitória sobre Virginia Tech e uma vitória de Virginia sobre Georgia Tech também no sábado, Miami garantiria o título da divisão já neste fim de semana.

Porém primeiro eles terão que passar pela forte defesa dos Hokies. Virginia Tech tem a segunda melhor defesa da ACC, atrás apenas de Clemson, além de ter uma ótima defesa contra a corrida, permitindo apenas dois touchdowns terrestres na temporada. Somente West Virginia e Boston College conseguiram média de mais de 3,5 jardas por carregada contra eles. A linha ofensiva de Miami, que tem sido sólida até aqui, será finalmente testada. O quarterback Josh Jackson tem sido cuidadoso com a bola e só sofreu quatro interceptações. Ele contará com Cam Phillips e Sean Savoy, que somam dez touchdowns recebidos. A defesa de Miami também é excelente e é a quarta na FBS em sacks. O ataque de Miami deve focar no jogo terrestre com Travis Homer para conseguir jardas, principalmente para tentar converter terceiras descidas, um dos pontos fracos da equipe.

Ao todo devemos ter um bom jogo defensivo, com alguns brilhos no ataque. Miami pode ainda estar invicta, mas não tem jogado em um nível suficiente para convencer os críticos, principalmente após vencer a pior equipe da conferência por apenas cinco pontos. Mesmo jogando fora de casa, Virginia Tech deve conseguir a vitória.

#22 Arizona Wildcats (6-2) vs. #17 USC Trojans (7-2)

Horário: 17h30
Local: LA Memorial Coliseum, Los Angeles, Califórnia.
Cotação: USC é favorita por 7,5 pontos.
Histórico: USC lidera a série por 31-8
A líder encara a vice-líder da divisão sul da Pac-12, que já está bem embolada. A diferença entre primeiro e segundo é de apenas uma vitória. Os Trojans vem fazendo um ano bem irregular dentro daquilo que se esperava deles. Sam Darnold, seu quarterback, vem oscilando muito, e se USC esteve flertando com os playoffs no início da temporada, agora está ameaçada de sair do top 25. Esse confronto tem tudo para ser vencido pelos favoritos. Além de jogar em casa, enfrentarão uma defesa que cede em média 300 jardas aéreas por jogo. Isso sendo que enfrentou poucos ataques de realmente muito poderio.
Arizona tentará contar com mais do mesmo. Khalil Tate até agora vem escrevendo uma história digna de filme. Ele ssumiu a titularidade com o time com 2-2 e de lá para cá, o quarterback entrou em campo 4 vezes e em todas foi o jogador ofensivo da semana em sua conferência, tendo até mesmo seu nome comentado para o Heisman. O ponto negativo da história é que Tate é muito mais corredor do que passador. Se seu time estiver sendo castigado com bolas longas e pontuações seguidas, sobretudo no início da partida, Khalil terá que lançar e jogar contra o relógio, ao invés de correr e administrar o placar.
Em caso de vitória dos Wildcats, eles passariam a depender apenas de si para chegar a final da conferência, vantagem essa que hoje está com os Trojans. Além disso, se a derrota for do lado visitante, a estadia no top 25 terá durado apenas uma semana. Falar de playoffs para essas duas equipes é difícil, mas sem dúvidas brigar por um bowl decente já estará de ótimo tamanho para Arizona. E para USC, terminar o ano engrenada é importante para brigar por um título no ano que vem, com Darnold possivelmente retornando para mais um ano. Por isso, vencer aqui é fundamental para o time do sul da Califórnia.
Foto: HurricaneSports.com

Attachment

thais-chuva

Formada em Odontologia pela UFF, assiste mais a ESPN do que passa horas no consultório. Ela se apaixonou por Ohio State em 2002 quando os assistiu uma vitória ao vivo dos Buckeyes dentro do The Shoe e começou a acompanhar o College mais de perto em 2011. Também acompanha a Bundesliga, NBA e MLB. Outros times que disputam sua atenção são os New York Yankees e Bayern de Munique.