[PREVIEW CFB 2016] Top 5: Kickers

[PREVIEW CFB 2016] Top 5: Kickers

Quantos jogos de futebol americano são decididos por aquele field goal com o cronômetro zerado? Quantos torcedores, especialmente no College, ficam com o coração na mão ao verem o seu kicker se posicionando para vencer – ou perder – a partida com o chute final?

Muitos dos kickers do College não são exatamente confiáveis. Por isso, se o do seu time está citado nessa lista, você pode respirar mais tranquilo. Já é, sem dúvida, uma vantagem. Provavelmente ele não vai errar extra points, e boa parte dos field goals deve entrar corretamente entre os paus. Não desprezemos essa posição, ela pode ser responsável por sua calvície estar menos ou mais grave quando a idade certa chegar.

Vamos, então, aos cinco melhores kickers do futebol americano universitário para a temporada de 2016!

Menções honrosas: Adam Griffith (Alabama), Andy Phillips (Utah), Justin Yoon (Notre Dame).

Este slideshow necessita de JavaScript.

5. Brent Zuzo, Nevada

Natural de Canton, Michigan, Zuzo foi ter sua carreira universitária bem longe de casa. Agora, ele entra em sua última temporada buscando consolidar uma trajetória que até agora foi de bastante sucesso. Titular desde que era apenas um freshman, o kicker certamente ganhou a confiança dos torcedores do Wolfpack.

Em 2015, foram 17 de 19 field goals acertados, sendo 4-4 entre 40 e 49 jardas, uma estatística importante que mostra que ele possui um belo alcance. Zuzo só não está mais alto nessa lista por ter perdido os dois chutes acima de 50 jardas que tentou, como também por ter errado dois dos 40 extra points.

4. Conrad Ukropina, Stanford

Em 2008, Conrad Ukropina era o quarterback da Los Angeles Loyola High School. Oito anos depois, é um dos principais kickers do College Football. Como isso aconteceu? Um braço quebrado durante a temporada e muita vontade de continuar ajudando seu time mesmo com a lesão.

2015 foi o primeiro ano como titular de Ukropina, que já foi responsável por um chute memorável na vitória com o cronômetro zerado sobre Notre Dame. Ele acertou 18 de 20 chutes, sendo 5-6 entre 40 e 49 jardas e 1-1 a mais de 50 jardas. Também não desperdiçou nenhum dos 67 extra points que teve à sua disposição.

3. Jake Elliott, Memphis

Jake Elliott tem muitos motivos para se orgulhar: ele tem quebrado muitos dos recordes históricos de ninguém menos que Stephen Gostkowski com os Tigers. Dentro de uma única temporada, a maior parte dos números já foi superada. No geral, faltam apenas 12 field goals e 17 extra points para que o Senior passe a ter um monopólio nos anais dos kickers de Memphis.

Elliott não tem uma porcentagem tão boa como os dos demais membros dessa lista: foram 23 de 28 field goals certos em 2015. Mas sua perna é forte e ele parece crescer em chutes mais distantes, já que quatro dos erros foram entre 30 e 39 jardas, com incríveis 8-9 entre 40 e 49 e 2-2 para mais de 50.

2. Daniel Carlson, Auburn

Recrutado como um kicker 5 estrelas vindo do High School, Carlson está acostumado a ser citado em listas de principais nomes de sua posição. Entrando em sua temporada de Junior, ele espera aperfeiçoar ainda mais seus já ótimos números para 2016.

Na temporada passada, foram 23 acertos em 27 tentativas de field goal, sendo 4 de 5 em chutes de mais de 50 jardas. Carlson também foi perfeito nos extra points, colocando todos os 40 entre os paus.

1. Aidan Schneider, Oregon

Se o segundo colocado da lista sempre foi visto como um protótipo para a posição, o mesmo não pode ser dito sobre Aidan Schneider. Ele entrou no time dos Ducks como um walk-on, ou seja, alguém que não foi recrutado com o propósito esportivo.

E o que faz com que ele seja o líder desse nosso ranking? Simples: ninguém teve uma porcentagem tão alta de acertos em 2015. Foram 91,7% dos chutes convertidos, contra 85,2% de Carlson, por exemplo. E em assustadores 67 extra points, Schneider não errou nenhum. Será que ele consegue continuar demonstrando tanta habilidade que, antes do College, nenhum olheiro tinha conseguido ver?

Attachment

carlosmassari

Carlos Massari é graduado em Comunicação Social - Midialogia pela Unicamp e atualmente faz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. É viciado em todos os tipos de esportes. Cinema, cervejas e viagens também o fazem feliz.