O melhor e o pior da semana 9: ACC

O melhor e o pior da semana 9: ACC

A semana 9, com seus seis jogos dentro da ACC, deixou bem claro as pretensões das equipes na temporada. Enquanto alguns se despedem das chances de vencer a conferência, outros se aproximam cada vez mais do feito. É a corrida cada vez se afunilando mais e trazendo fortes emoções para a reta final.

O melhor: #6 Clemson volta a vencer e segue viva

Depois da derrota para Syracuse e da semana de descanso, os Tigers voltaram a entrar em campo nesse sábado contra Georgia Tech em Clemson. A equipe não sentiu a pressão de voltar a vencer e retomou o caminho das vitórias até com certa facilidade, vencendo por 24-10 e liderando o jogo por todo o tempo. O quarterback Kelly Bryant, que havia se contundido na última partida, teve uma atuação segura, lançando para 207 jardas e 2 touchdowns e até mesmo correndo com a bola, conquistando 67 jardas para sua equipe. A defesa foi extremamente agressiva e conseguiu parar o ataque triple-option de Georgia Tech, limitando o QB adversário a apenas 32 jardas passadas e 23 corridas.

Foi uma vitória importante para os Tigers, que agora estão atrás de NC State na divisão apenas pela derrota dentro da conferência. Na próxima semana, as equipes se enfrentam no duelo que deve decidir qual das duas universidades que chegará a final da ACC no dia 2 de dezembro.

O pior: Florida State vive um pesadelo

Florida State sofreu uma derrota das mais desastrosas de sua história recente nessa última sexta-feira, contra Boston College. O placar de 35-3 para os Eagles evidenciou uma série de erros a serem corrigidos em todas as unidades da equipe dos Seminoles e colocou em xeque a maior sequência de bowls disputados por uma equipe na história do College Football.

Isso mesmo, FSU está há 35 temporadas sem ficar de fora da Bowl Season e vive um drama para conseguir as 6 vitórias nessa temporada de 2017. A equipe precisa agora vencer Syracuse, Clemson, Delaware State e Florida para garantir sua participação, uma missão quase que impossível para esse limitado elenco. Dificultada por lesões importantes – como a do QB Deondre Francois na semana 1 – e um calendário complicado, já tem muito torcedor pedindo a cabeça do head coach Jimbo Fisher e seus auxiliares e jogando a toalha nesta temporada.

Jogador da semana: John Wolford, QB – Wake Forest

Wolford participou de todos os touchdowns de sua equipe no jogo. Ele lançou para 461 jardas e 5 TDs e correu em outra oportunidade para anotar mais 7 pontos para os Demon Deacons, que venceram Louisville por 42-32.

Jogadas da semana:

Um belo retorno de punt do WR de Pittsburgh Quadree Henderson, quebrando 7 tackles e correndo 75 jardas para anotar o touchdown.

Essa trick play de North Carolina que resultou em um passe para touchdown do WR Ratliff-Willians para Bo Colares.

Olha Lamar Jackson aparecendo aqui novamente! Dessa vez, ele correu 55 jardas para anotar um TD dos Cardinals. Repare na velocidade que ele consegue atingir.

Que tal esse punt bloqueado de NC State para anotar o primeiro touchdown do jogo contra Notre Dame? O bloqueio foi feito por James Smith-Willians e o TD por Germaine Pratt.

Resultados dos times da ACC na semana 9:

Sexta, 27 de outubro

Boston College Eagles 35-3 Florida State Seminoles

Sábado, 28 de outubro

North Carolina Tar Heels 19-24 #8 Miami Hurricanes
Wake Forest Demon Deacons 42-32 Louisville Cardinals
Pittsburgh Panthers 31-14 Virginia Cavaliers
Notre Dame Fighting Irish 35-14 NC State Wolfpack
Virginia Tech Hokies 24-3 Duke Blue Devils
Clemson Tigers 24-10 Georgia Tech Yellow Jackets

Jogos dos times da ACC na semana 10:

Sábado, 4 de novembro

14:20h: Florida State Seminoles (2-5) vs. Syracuse Orange (4-4)
17h: Virginia Cavaliers (5-3) vs. Georgia Tech Yellow Jackets (4-3)
17:30h: #20 NC State Wolfpack (6-2) vs. #6 Clemson Tigers (7-1)
17:30h: #5 Notre Dame Fighting Irish (7-1) vs. Wake Forest Demon Deacons (5-3)
22h: #9 Miami Hurricanes (7-0) vs. #13 Virginia Tech Hokies (7-1)

Attachment

henriqueferreira

Henrique Ferreira tem 19 anos e é estudante de Jornalismo da ESPM-RJ. Tem paixão pelos esportes americanos, principalmente pelo football. Começou a acompanhar o College Football no ano de 2014 depois de assistir uma partida de UCF em Orlando e ficar encantado com a atmosfera do jogo. É torcedor de Florida State Seminoles.