Miami (FL) e Notre Dame revivem rivalidade em duelo decisivo

Miami (FL) e Notre Dame revivem rivalidade em duelo decisivo

Horário: Sábado, 11 de novembro – 23h (Horário de Brasília)
Local: Hard Rock Stadium, Miami Gardens, Florida
Cotação: Notre Dame é favorita por 3 pontos
História: Notre Dame lidera a série por 17-7-1

A rivalidade entre Miami e Notre Dame ganhará mais um capítulo nesse sábado. O confronto tem grande importância para a definição das equipes que estarão nos playoffs, já que as universidades estão bem ranqueadas – Miami em #7 e Notre Dame em #3 – a poucas semanas do final da temporada. Isso sem contar na importância histórica da rivalidade, apelidada na década de 1980 para Católicos contra Condenados. São dois times que controlam seu futuro. Os Hurricanes estão invictos e a uma vitória de assegurar sua vaga na final da ACC. Já Notre Dame precisa apenas vencer seus próximos três confrontos e estará com a vaga no College Football Playoffs bem encaminhada.

A defesa de Miami é, sem sombra de dúvidas, o setor mais importante para a equipe nesse jogo. É nela que a equipe comandada pelo head coach Mark Richt aposta suas esperanças para sair vitoriosa. Contra o forte ataque de Virginia Tech, os Canes cederam apenas 102 jardas terrestres e fizeram uma partida muito sólida, vencendo por 28-10.

Contra Notre Dame, o foco será novamente combater o jogo corrido, melhor artifício ofensivo da equipe dos Fighting Irish, e Miami tem talentos para conseguir isso. Mas o duelo contra o quarterback Brandom Wimbush e o running back Josh Adams não será fácil. Os dois juntos já acumulam 1830 jardas terrestres e, recuperados de lesão, devem jogar sem problemas médicos a partida. A unidade defensiva dos Canes terá que pressionar o QB e forçar turnovers – como tem feito – para não ser uma presa fácil.

Do outro lado do jogo, o matchup será entre o ataque ainda cambaleante de Miami contra a defesa de Notre Dame. Assim como os Hurricanes não conseguiram convencer o comitê do College Football de que a equipe é merecedora de estar no top 4, o QB Malik Rosier também não conseguiu convencer de que pode levar sua equipe até lá. Isso porque o jogador oscila entre atuações boas e ruins, sempre conseguindo vencer os jogos. Com o RB titular Mark Walton machucado, Rosier se viu com o protagonismo do ataque e não tem conseguido lidar muito bem com isso. Na partida contra Virginia Tech, mesmo com a vitória, Rosier teve menos de 50% de seus passes completados, além de 3 interceptações. O jogo contra o Fighting Irish vai proporcionar a chance do QB mostrar a todos, finalmente, de que é capaz de levar sua equipe ao CFP.

Palpite

Com um ataque mais bem preparado e uma defesa que falha pouco, o Fighting Irish é favorito para a partida. Miami pode conseguir parar Wimbush e Adams em alguns momentos mas o cansaço pode atrapalhar os Canes e ocasionar algumas big plays. Rosier terá que ser praticamente perfeito para equilibrar o confronto. Mesmo assim, Notre Dame deve vencer e encaminhar sua classificação ao College Football Playoff.

Attachment

henriqueferreira

Henrique Ferreira tem 19 anos e é estudante de Jornalismo da ESPM-RJ. Tem paixão pelos esportes americanos, principalmente pelo football. Começou a acompanhar o College Football no ano de 2014 depois de assistir uma partida de UCF em Orlando e ficar encantado com a atmosfera do jogo. É torcedor de Florida State Seminoles.