Investigação descobre que Florida State não está elegível para a Bowl Season

Investigação descobre que Florida State não está elegível para a Bowl Season

Uma bomba atingiu a diretoria esportiva de Florida State nesta última quarta (20). Uma investigação de um usuário do Reddit descobriu uma falha na contagem da elegibilidade dos Seminoles: apesar da campanha 6-6, a vitória por 77-6 sobre Delaware State (FCS) não poderia contar para o histórico por um Bowl.

Segundo as regras da NCAA, para uma equipe estar elegível para a Bowl Season, são necessárias 6 vitórias. Destas, a NCAA permite a inclusão de um triunfo contra equipes da FCS para fins de elegibilidade. Porém, um dos requerimentos para esta vitória contar é de que a universidade da FCS enfrentada deve utilizar pelo menos 90% da quantidade disponível das suas 63 bolsas de estudos – somando totais e parciais. Segundo dados do próprio departamento institucional de Delaware State, apenas 87% das bolsas estavam sendo utilizadas na época da partida – logo, a vitória não poderia contar para a elegibilidade dos Seminoles. Sem esse triunfo, FSU ficaria com retrospecto “elegível” de 5-6 e não poderia jogar a Bowl Season.

Diante da repercussão da investigação, Florida State emitiu uma nota oficial nesta sexta (22) negando a denúncia do Reddit. Nela, a diretoria atlética afirmou ter confirmado que Delaware State preencheu o requisito mínimo de 90% de utilização das bolsas, porém não apresentou nenhuma documentação comprovando o fato. Tanto Delaware State quanto Florida State são universidades públicas e são obrigadas a fornecer todos os dados mediante solicitação. Nem ACC, conferência onde jogam os Seminoles, nem NCAA se manifestaram a respeito.

Caso a denúncia realmente se confirme posteriormente de maneira oficial, a situação pode trazer sérios problemas. Buffalo, UTSA e Western Michigan também fecharam a temporada com campanha 6-6, mas não receberam nenhum convite para jogar a pós-temporada e não jogarão a Bowl Season a despeito de estarem elegíveis. Buffalo, inclusive, abre a temporada de 2018 contra Delaware State.

A despeito disso, Florida State segue com a sua programação para a Bowl Season mantida. O time chega em Shreveport, Louisiana, neste sábado (23) para disputar o Independence Bowl contra Southern Miss na próxima quarta (27), às 16h30 (Horário de Brasília). Será a 36ª aparição consecutiva em um Bowl de FSU – a sequência mais longa da história do College Football. Caso vença, será também a 41ª temporada seguida com mais vitórias do que derrotas – a última vez que isso não aconteceu foi em 1976, ano inaugural de Bobby Bowden como técnico da universidade.

Todos esses acontecimentos ocorrem em meio a uma temporada bastante conturbada e marcada por altos e baixos. Ranqueada em #3 no Top 25 de pré-temporada, FSU era considerada forte candidata a título nacional. Na semana 1, porém, a equipe foi derrotada por Alabama e perdeu o quarterback titular Deondre Francois por lesão pelo restante da temporada. Minada por várias outras lesões, a equipe apresentou um desempenho muito abaixo do esperado e precisou vencer as três partidas finais – incluindo Delaware State e um jogo reagendado para a semana 14 – para garantir uma campanha 6-6 e a hipotética elegibilidade para a Bowl Season. Além disso, perdeu o técnico Jimbo Fisher para Texas A&M, que foi substituído por Willie Taggart, ex-Oregon. Odell Haggins, que assumiu o posto interinamente após a saída de Jimbo Fisher, irá comandar a equipe no Bowl.

Confira o calendário completo da Bowl Season 2017

Foto: Jamie Rhodes/USA Today Sports

felipem

Estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria e criador do College Football Brasil. Imparcialidade não existe, College Football é melhor que NFL e apaixonado por esportes. Torcedor da Universidade de Tennessee.