Dicionário de termos

All-American: Estudante-atleta selecionado para a seleção dos melhores jogadores da NCAA na temporada.

APR: Academic Progress Rate. É um sistema criado pela NCAA que avalia o desempenho acadêmico dos estudantes-atletas de um programa da Division I. Ele tem duas utilizações no universo esportivo: o APR serve para atribuir punições a programas esportivos que tiverem APR abaixo de 930 (máximo de 1000) por mais de um ano consecutivo

Bowls: No futebol americano universitário, são os jogos de pós-temporada do College Football. Para ser elegível para disputar um, é necessário ter conquistado ao menos seis vitórias na temporada regular.

CCAA: Canadian Collegiate Athletic Association. É uma das organizações do governo canadense que regulam o esporte universitário no Canadá. 95 universidades são filiadas a ela – dentre elas, algumas que fazem parte da CIS – que patrocina sete esportes: badminton, basquete, corrida cross-country, curling, futebol, golfe e vôlei.

CIS: Canadian Interuniversity Sport. É uma das organizações do governo canadense que regulam o esporte universitário no Canadá – é maior, se comparada com a CCAA. 55 universidades são filiadas a ela – dentre ela, algumas que fazem parte da CCAA – que patrocina 12 esportes: atletismo, basquete, corrida cross-country, curling, futebol, futebol canadense, hóquei sobre a grama, natação, rugby XV, vôlei e wrestling.

CIS – Futebol Canadense: 27 universidades estão divididas em quatro conferências. Todos disputam de oito a nove partidas na temporada regular e os melhores de cada – varia de acordo com a conferência – disputam playoffs internos. Os campeões de cada conferência disputam as semifinais em dois Bowls: o Mitchell Bowl e o Uteck Bowl. Os vencedores disputam a Vanier Cup, a final do futebol americano canadense universitário.

College Football: futebol americano universitário.

College Football Playoff: São os playoffs da FBS. Os quatro melhores ranqueados disputam as semifinais em dois dos seis Bowls mais importantes do College Football que são trocados a cada ano. Os vencedores disputam o College Football Playoff National Championship.

Comitê de seleção do CFB Playoff: Grupo de 13 membros formado por ex-jogadores, ex-treinadores, ex-jornalista e outras pessoas que já tiveram algum contato com o esporte universitário. Os membros são indicados pela NCAA e ficam por um período de três anos no comitê. Eles montam o Top 25 do College Football Playoff a partir da semana 8, mas não são obrigados a assistir as partidas para tomarem suas decisões.

Division I: Em termos teóricos, é a primeira divisão nos esportes universitários da NCAA. No futebol americano, ela engloba tanto FBS quanto FCS – ambas por ela consideradas parte da primeira divisão.

Division II: Segunda divisão nos esportes universitários da NCAA e terceira divisão do College Football – abaixo da FBS e da FCS.

Division III: Terceira divisão dos esportes universitários da NCAA e quarta divisão do College Football – abaixo da FBS, da FCS e da Division II. É a única divisão em que as bolsas de estudo são terminantemente proibidas.

FBS: Primeira divisão do futebol americano universitário.

FCS: Segunda divisão do futebol americano universitário, embora a NCAA diga que esta seja uma subdivisão inferior pelo fato das suas universidades fazerem parte da Division I nos demais esportes.

Group of Five: Grupo das cinco conferências menores do College Football da FBS: American Athletic Conference (AAC), Conference USA (C-USA), Mid-American Conference (MAC), Mountain West Conference e Sun Belt Conference.

GPA: Grade Point Average. É a nota média dos estudantes americanos, que no nível universitário vão de 0 a 4.33.

Heisman Trophy: Troféu dado ao melhor atleta universitário do ano.

High School: É o ensino médio norte-americano. A principal diferença do ensino médio brasileiro para o americano está na quantidade de anos: enquanto no Brasil são três, nos Estados Unidos são quatro. Assim como no desporto universitário, todos os atletas possuem quatro anos de elegibilidade para atuar.

Homecoming: Jogo em que ex-alunos e ex-atletas comparecem para assistir a uma partida em casa da universidade. Todos os anos, a universidade escolhe uma das partidas em casa para isso.

Junior: Estudante-atleta terceiro-anista, seja no High School ou no College Football.

Junior College: Pequenas faculdades que oferecem cursos de graduação com formação mais rápida do que as universidades tradicionais. Nestas, os jogadores são elegíveis para atuar por dois anos e as junior colleges são regidas pela NJCAA (National Junior College Athletic Association).

NCAA: Instituição esportiva universitária sem fins lucrativos que regula atletas de 1281 instituições universitárias dos Estados Unidos e do Canadá. Patrocina 89 esportes e é a maior organização esportiva universitária do mundo.

New Year’s Six: Grupo dois seis principais Bowls do College Football, que sempre são disputados nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro (na segunda data, elas mudam para o dia 2 de janeiro caso o dia 1º caia num domingo). Os Bowls são: Peach Bowl, Orange Bowl, Cotton Bowl, Rose Bowl, Sugar Bowl e Fiesta Bowl.

Power Five: Grupo das cinco principais conferências do College Football da FBS: Atlantic Coast Conference (ACC), Big Ten Conference, Big 12 Conference (Big XII), Pac-12 Conference e Southeastern Conference (SEC). Das universidades independentes, Notre Dame também é considerada parte do Power Five.

Redshirt: Nos esportes universitários estadunidenses, redshirt ou camisa vermelha (tradução livre) é um artifício que permite que os jogadores ganhem um ano a mais de elegibilidade no College Football com a contrapartida de não atuarem no corrente ano. Caso isso ocorra, ele perde a redshirt, não importa se ele entrará por uma jogada ou por dez partidas. Exemplo: um jogador recebe a redshirt na sua temporada de calouro. Com isso, no ano seguinte ele não será um sophomore, e sim um redshirt freshman e podem ficar até cinco anos na universidade. Porém, se seu titular se lesionar e ele for o substituto imediato, uma das duas coisas terá que ocorrer:

  • Ou ele cede lugar para o segundo reserva (desde que este também não tenha recebido redshirt naquele ano;
  • Ou o jogador entra em campo e perde a redshirt nesta temporada.

Embora seja muito mais comum um jogador receber a redshirt na sua temporada de calouro, ela pode ser dada em qualquer um dos seus quatro anos de elegibilidade. Braxton Miller, por exemplo, sofreu uma lesão no ombro em 2014, na que seria a sua senior season (último ano de elegibilidade) e recebeu redshirt médico.

Rivalry game: Clássico entre duas equipes rivais.

Scholarships: Bolsas de estudo oferecidas pelas universidades. Podem ser totais (100%) ou parciais.

Senior: Estudante-atleta em seu último ano, tanto no High School quanto no College Football.

Sophomore: Estudante-atleta segundo-anista, tanto no High School quanto no College Football.

True freshman: “O verdadeiro calouro”, em português, é como é chamado um jogador de primeiro ano que não recebeu a redshirt.

Walk-on: Jogador que atua uma universidade sem receber bolsa de estudos, pagando de maneira integral os custos de mensalidade como qualquer outro estudante regularmente matriculado (nos EUA, todas as universidades são pagas, inclusive as públicas).